Scroll Top

 

Filie-se ao SINDJUFE-BA que luta pelos seus direitos. Junte-se a nós!

 

Filie-se ao SINDJUFE-BA que luta pelos seus direitos. Junte-se a nós!

HOME

A diretoria do SINDJUFE-BA convida a categoria a aplaudir os/as trabalhadores/as da saúde e defender o SUS
07/04/2020

 

                                     

                                     

No 7 de abril é comemorado o Dia Mundial da Saúde. No Brasil e no mundo, diversas homenagens estão sendo realizadas aos profissionais da saúde que têm se mostrado verdadeiros heróis e heroínas, frente à pandemia do SARS-CoV-2. 

Neste ano, em particular, a data serve para nos lembrar, que além de parabenizar os trabalhadores e trabalhadoras que estão na linha de frente do combate a COVID-19, devemos exigir melhores condições de trabalho para estes profissionais, além de defender a saúde pública universal e gratuita como um direito fundamental dos trabalhadores brasileiros. 

"Os pilares do neoliberalismo e do bolsonarismo, não suportaram os primeiros momentos desta grave crise que assola a humanidade. A negação da ciência propagandeada pelos mercadores da fé travestidos de pastores, como o Malafaia, Edir Macedo, Magno Malta e congêneres, e pelo charlatão travestido de filósofo Olavo de Carvalho; o questionamento da universidade pública, levado a cabo pelo falastrão Weintraub; a desvalorização dos seviços públicos e a destruição do Estado, preconizada pelo posto ipiranga Guedes; e até mesmo o desmonte do SUS, com a respectiva transferência de protagonimo para os planos de saúde e hospitais privados, defendida pelo Ministro da Saúde Mandetta; mostraram de uma forma dura e veloz, que tudo que este governo defende e vêm implementando é o oposto daquilo que, nós trabalhadores precisamos. A verdade é que eles nos odeiam. É hora da sociedade como um todo defender os serviços públicos, o SUS e deixar bem claro, que nossos direitos não estão à venda"; afirma Fred Barboza, Coordenador do Sindjufe-BA.

Segundo dados do Ministério da Saúde, nesta segunda-feira, 6, o Brasil contabilizou 12.056 casos de infectados e 553 mortos.  Na Bahia, a Secretaria de Saúde do Estado atualizou a situação do coronavírus para 431 casos oficiais e 10 mortes confirmadas. Infelizmente, algumas destas mortes são de trabalhadores e trabalhadoras da saúde, que faleceram durante o combate à pandemia. 

Em meio a todo este caos, nessa terça-feira, 7, a partir das 20h, estão sendo convocadas manifestações de aplausos em homenagem aos trabalhadores e trabalhadoras da saúde. A diretoria do SINDJUFE-BA juntamente com a Fenajufe, a CSP Conlutas e demais entidades e movimentos sociais, reforça o chamado a categoria e à sociedade brasileira a sair em defesa da vida mantendo o isolamento social, exigindo do Estado políticas públicas eficientes no combate à COVID-19 e dizendo não ao desmonte do serviço público e do SUS, como querem Bolsonaro, Mourão e Paulo Guedes.

 

Imprensa SINDJUFE-BA