Scroll Top

 

Filie-se ao SINDJUFE-BA que luta pelos seus direitos. Junte-se a nós!

 

Filie-se ao SINDJUFE-BA que luta pelos seus direitos. Junte-se a nós!

HOME

TRE: Mesa de Negociação consegue primeiros avanços nas reivindicações dos servidores
07/03/2019

 

Na manhã do dia 25/02, membros da Comissão da Mesa de Negociação Permanente do TRE se reuniram na sala da SGP para pleitear o andamento das questões solicitadas e inserir novas. Na reunião estavam presentes a coordenadora do SINDJUFE-BA Denise Carneiro, o advogado do sindicato, Dr. Marcel Mutin, o assessor de Gestão de Pessoas Marcelo Conte, e as filiadas membros da Comissão, Maxvalda e Ludmila além de outras servidoras. 

Alguns pontos foram resgatados da reunião anterior e outros novos foram pautados. Sobre a questão da proibição de folgas e férias a administração retirou a depuração do cadastro como motivo de vedação, o que foi considerado pequeno avanço. Outro foi sobre a volta do concurso de remoção para preenchimento de 4 vagas autorizadas pelo TSE. O sindicato ficou de fazer requerimento, e agora aguardamos resposta. Porém ainda está mantida a vinculação à Res 671 do TSE,  "a administração não aceitou mexer nessa questão", falou o secretário Conte. 

Sobre o quesito da permanência de alguns servidores em várias das comissões de sindicância do TRE, a sugestão foi pulverizar outros servidores para aumentar rodízio e revezamentos e elaborar uma lista para que seja analisada previamente a quantidade de sindicâncias em que o/a servidor/a participa.

 

Pagamento de servidores
                                                                                                                                                                    Uma das queixas levadas pelo SINDJUFE-BA para a Mesa de Negociação foi referente à diferença de pagamento dos servidores da Capital e do Interior. Isso será objeto de novas tratativas na próxima reunião marcada para o dia 25/03, onde foi solicitada pelo sindicato a presença da Corregedoria para tratar da exigência das zonas em elaborarem os relatórios, já que os dados estão no SADP.
 
Caos da revisão de cadastro


Quanto à biometria, Denise Carneiro relatou novamente o caos no processo e o estado crítico a que os servidores das zonas eleitorais são submetidos. Foi lembrado que o Sindjufe/BA fez esse alerta, e contou com apoio dos servidores das zonas e dos juízes eleitorais, mas a Presidência não quis ouvir ninguém. Foi solicitado que seja realizado estudo caso a caso da próxima etapa e que dessa vez a administração dialogue com juiz eleitoral, comissão de biometria e os servidores de cartório com o objetivo de evitar novo caos. O Sindjufe-BA denunciou à imprensa, ao CNJ, TSE e MPF sobre esse assunto.

A coordenadora Denise finalizou a reunião solicitando confirmação sobre o retorno do antigo procedimento do Tribunal  de liberar os/as servidores/as para participarem de atividades sindicais que são de extrema importância para eles. O entendimento da Mesa é de concordância com isso. 

A próxima reunião foi agendada para o dia 25/03, às 10h no TRE.

 

Imprensa SINDJUFE-BA