Scroll Top

HOME

Presidência do TRT5 parabeniza atletas após XVII Olimpíadas
10/10/2018

 

A XVII Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho que ocorreu nos dias 22 a 28 de setembro, em Blumenau (SC) recebeu cerca de 1.122 servidores dos diferentes TRT’s do país. O evento que é organizado pela ANASTRA (Associação Nacional dos Servidores do Judiciário Trabalhista) tem o objetivo de promover a integração sócio-cultural-desportiva entre Servidores e Magistrados da Justiça do Trabalho além de incentivar a prática de esportes para melhoria da qualidade de vida e saúde física e emocional dos envolvidos.

No último dia 02/10, a Presidente do TRT 5ª Região Dra. Lourdes Linhares recebeu os atletas servidores do Tribunal para parabenizar sobre a atuação na XVII ONJT. A delegação baiana ficou em 17º lugar e contou com cerca de 26 inscritos. A desembargadora parabenizou todos os atletas e firmou o compromisso de dar o apoio necessário para as Olimpíadas do ano que vem que acontecerá em Belo Horizonte (MG) e também evidenciou a possibilidade de trazer as Olimpíadas para a Bahia em 2020.

O SINDJUFE-BA que foi um dos patrocinadores recebeu elogios e agradecimentos dos atletas bem como os demais parceiros.  Tanto a desembargadora quanto os atletas ressaltaram a importância da participação dos servidores em um evento deste porte e convidou os colegas para aumentar a delegação baiana na XVIII ONJT 2019.

 

Confira os depoimentos de alguns dos atletas:

 

“Sempre gostei de praticar esportes daí surgiu essa oportunidade e a experiência foi excelente. Ano passado não pude ir porque estava machucado, mas fui esse ano e consegui ganhar uma medalha. Valeu muito a pena!”.

Ângelo Andrade Moura (INFORMÁTICA) – participou das modalidades salto em altura, arremesso de peso e salto a distância.

 

“Entrei no Tribunal em 1989 e pela primeira vez participei das Olimpíadas. Eu não tinha a menor ideia de como era e para a minha grata surpresa é um evento de grande magnitude. Consegui ganhar medalha de bronze no arremesso de dardo e fui campeão no dominó em dupla, em que pese a nossa delegação ter sido diminuta se comparado às demais. Gostaria de conclamar os colegas do Tribunal a se envolverem mais, não necessita ser profissional para se inscrever e isso me motivou bastante a praticar atividade física para participar das próximas Olimpíadas mais preparado.”

Luiz André (SEGURANÇA) – participou das modalidades de tiro ao alvo, lançamento de peso, lançamento de dardo, dominó dupla, dominó individual e futebol.

 

“Tinha uma expectativa totalmente diferente da que eu vi lá. A Olímpiada é um evento muito grande, bem organizado e superou muito as minhas expectativas. Não consegui uma medalha apesar de ter chegado a uma fase que nem eu mesmo acreditava chegar. A minha expectativa é que eu consiga na próxima Olímpiada melhorar meu desempenho no tênis de campo e me inscrever em outras modalidades. A Olimpíada é um evento que preza muito por questões de saúde, pela prática de esportes, as pessoas que participam em sua maioria, não são profissionais, claro que temos algumas exceções de pessoas bem mais preparadas, mas o nível é um nível médio que acredito que todos possam participar até porque o intuito não é somente ganhar medalha, mas sim confraternizar com outros colegas e verificar que fazemos parte de algo muito maior que é a Justiça do Trabalho”.

Daniel Vitor Oliveira Rodrigues (INFORMÁTICA) – participou da modalidade tênis de campo

 

 

“A primeira vez que participei foi ano passado e ganhei as cinco provas que fiz com medalha de ouro. Esse ano não fui tão bem preparada para natação, mas consegui ganhar medalha de prata. Fiz três modalidades no atletismo e conquistei o ouro, quebrei dois recordes e minha expectativa desse ano foi a melhor possível. É maravilhoso vê colegas de todo o Brasil se dedicando, se superando, gente que não tem costume de fazer esportes e que começam a praticar por conta das Olimpíadas e que continuam depois. Ano que vem eu pretendo me inscrever de novo na natação, atletismo e também quero fazer um time de vôlei feminino e uma dupla de areia mista. Depois que voltei algumas pessoas interessadas me procuraram para saber e estão empolgadas para participar, espero que essa empolgação continue. Acredito que ano que vem a gente consiga levar pelo menos uns 50 atletas, é o que a gente espera. Eu volto encantada de cada Olimpíada e morrendo de saudade”.

Cláudia Gama (14ª Vara) – inscrita nas provas de natação e atletismo.

 

Imprensa SINDJUFE-BA



 
>>>>>