Scroll Top

HOME

SINDJUFE-BA encaminha ofício às administrações solicitando instalação de mesa de negociação
21/08/2018

 

Hoje (21), o SINDJUFE-BA protocolou junto ao TRT 5, JFBA, TRE-BA e à Justiça Militar no Estado solicitando que os Tribunais reivindiquem ao STF a instalação de uma mesa de negociação com a classe. 

Desde 2006, através da LEI 13.317/2016, os servidores recebem o reajuste de seus vencimentos cuja última parcela será paga em 2019. Embora o STF reconheça “significativa perda salarial” nos proventos da categoria, o tribunal incluiu a previsão de reajuste de 16% para os magistrados sem mencionar qualquer reajuste para os servidores.

Para o SINDJUFE-BA, é importante dialogar e reivindicar a valorização do servidor público e suas demandas. O essencial é que, ao menos , seja oportunizado aos servidores a discussão a respeito de suas demandas e cobrar a isonomia de tratamento das legítimas pautas de cada um dos segmentos que compõem o Poder Judiciário da União com a magistratura.

 

PL 6613

Ainda nessa tentativa de mesa de negociação, na última terça-feira (14), em Brasília, a coordenadora do SINDJUFE-BA Denise Carneiro,  o coordenador do SINTRAJUFE-RS e da FENAJUFE Cristiano Moreira e o coordenador do SITRAEMG Paulo José, entregaram em mãos ao deputado federal Leonardo Quintão (MDB/MG), relator do PL 6613/2009, documento no qual solicitam que “sejam destinados esforços para a busca de instalação de Mesa de Negociação do Supremo Tribunal Federal com a representação nacional dos Trabalhadores, a FENAJUFE.

 

Alisson Wanderfillk

Imprensa SINDJUFE-BA



 
>>>>>