Scroll Top

HOME

Em assembleia, servidores elegem representantes para a Plenária da FENAJUFE
21/06/2018

 

O SINDJUFE-BA realizou na tarde de ontem (20), a assembleia geral em sua sede. Foi discutido também como terceiro tema uma questão sobre Feira de Santana. 

Pelo fato da Plenária ser realizada em Salvador a diretoria buscou estimular a participação de mais servidores como  "ouvintes", propôs não levar os 3 observadores e em troca levar 12 ouvintes, fornecendo a estes, diária para translado e alimentação, e para os servidores lotados no interior o sindicato custará também a passagem e hospedagem. O critério será o número de votos que cada chapa obteve.  Todas as chapas concordaram com essa troca. 

O evento é aberto e mesmo quem não compôs chapa pode participar como ouvinte, mas nesse caso custará as suas próprias despesas.

A XXII Plenária Nacional da FENAJUFE será realizada no Othon Palace, em Salvador entre os dias 2 a 5 de agosto de 2018.

As 4 chapas concorrentes tiveram a seguinte votação, entre votos presenciais e on line:


A chapa 1 - Coletivo Esquerda no Judiciário (defendida por Cristiano, Cabral, da JF) obteve 5 votos, tendo direito  1 delegado. A chapa 2 - Contra o desmonte do serviço público, por uma FENAJUFE classista. (defendida por Denise Carneiro, da diretoria do sindicato), obteve 22 votos, tendo direito a  3 delegados e mais 1 pela Diretoria totalizando 4 delegados.  A chapa 3 - Coletivo de Base (defendida por Frederico Barboza, do TRE) trve 9 votos, ficando com 1 delegado. A chapa 4 - Chapa da Base (NS, defendida por Conceição, da JF) ficou com 5 votos, tendo direito a 1 delegado.

Quanto ao local da Assembleia, foi aprovado pelos servidores o "rodízio qualificado", para que as eleições respeite o regime de rodízio entre os órgãos.

Sobre a questão de Feira restou aprovado que o sindicato oficie à Direção do Órgão e à Corregedoria para apuração dos fatos.

 

Alisson Wanderfillk

Imprensa SINDJUFE-BA



 
>